PÊNALTIS

Tchecoslováquia 2×2 Alemanha Ocidental, Final da Eurocopa de 1976 – Nos pênaltis os tchecos venceram por 5×3 e foram campeões

Fluminense 1×1 Corinthians, Semifinal do Campeonato Brasileiro de 1976, no Maracanã, em 5 de dezembro

*O Timão venceu nos pênaltis por 4×1 e se classificou para a final do Brasileirão daquele ano. Em 1976 estavam completando 22 anos que o Corinthians não era campeão. Além disso, o adversário da semifinal era o Fluminense, time de Rivelino, ex-ídolo corintiano, que jogou no Timão de 1965 a 1974. Esses dois fatores contribuíram para a torcida do Corinthians “invadir” o Rio de Janeiro e principalmente o Maracanã, com a chegada de dezenas de milhares de paulistas na Cidade Maravilhosa. A torcida do Fluminense teve que dividir o Maracanã com os corintianos, que ajudaram o time a conseguir a classificação para a final do campeonato. Na final, porém, o Timão perdeu por 2×0 para o Inter, que chegou assim, ao seu bi campeonato brasileiro.

______________________________________________

Vasco 0x0 Flamengo, Decisão do Campeonato Carioca de 1977, em 28 de setembro, no Maracanã com 152.059 pessoas

*O Vasco já tinha sido campeão da Taça GB e nesta vitória com o Flamengo, na disputa por pênaltis, conquistou o 2º turno, sagrando-se assim, campeão estadual daquele ano.

___________________________________________

Boca Juniors, campeão da Taça Libertadores de 1977 contra o Cruzeiro – Pênalti defendido pelo goleiro Gatti, do Boca e cobrado por Vanderlei, do Cruzeiro, nas cobranças por pênaltis

*Esta foi a primeira Taça Libertadores conquistada pelo Boca Juniors, que hoje já tem 6 títulos.

__________________________________________

São Paulo campeão brasileiro de 1977 – Disputa por pênaltis contra o Atlético-MG, no Mineirão, na final do campeonato, no dia 5 de março de 1978

*No tempo normal o jogo ficou no 0x0 e nas cobranças por pênaltis foi 3×2 para o tricolor, que sagrou-se assim, campeão brasileiro pela 1ª vez.

__________________________________________

Valência (ESP) 0x0 Arsenal (ING), Final da Recopa Européia de 1980, em Bruxelas, na Bélgica – Nos pênaltis os espanhóis venceram por 5×4

*No Valência jogavam o argentino Mario Kempes, artilheiro da Copa do Mundo de 1978 e o alemão Bonhof, além de ter Di Stéfano como técnico. No Arsenal o nome mais conhecido era do goleiro Pat Jennings, destaque da Irlanda doNorte nas Copas do Mundo de 1982 e 1986.

__________________________________________

Itália 0x0 Tchecoslováquia, Disputa do 3º lugar da Eurocopa de 1980 em Nápoles, na Itália – Nos pênaltis os tchecos venceram por 9×8

Alemanha Ocidental 3×3 França, Semifinal da Copa do Mundo de 1982 – Nos pênaltis os alemães venceram por 5×4

*Os franceses chegaram a estar ganhando por 3×1 mas cederam o empate.

___________________________________________

Tottenham, da Inglaterra 1×1 Anderlecht, da Bélgica, Final da Copa Uefa de 1984 – Nos pênaltis os ingleses venceram por 4×3

Roma 1×1 Liverpool, Final da Copa dos Campeões de 1984, em Roma – Nos pênaltis os ingleses venceram por 4×2

Espanha 1×1 Dinamarca, Semifinal da Eurocopa de 1984 – Nos pênaltis os espanhóis venceram por 5×4

Bangu 5×6 Coritiba, nos pênaltis – Final do Campeonato Brasileiro de 1985 no Maracanã

*O jogo terminou 1×1, gols de Índio, para o Coritiba e Lulinha, para o Bangu.

___________________________________________

Argentinos Juniors, campeão da Taça Libertadores de 1985 -Venceu na final o América de Cali, da Colômbia, nas cobranças por pênaltis, por 5×4 – A partida terminou 1×1

Juventus 2×2 Argentinos Juniors, Final do Mundial Interclubes de 1985, em Tóquio – Nos pênaltis os italianos venceram por 4×2

*Com este resultado a Juventus sagrou-se campeã do mundo pela 1ª vez em sua história.

___________________________________________

Steaua Bucareste , da Romênia, 2×0  Barcelona, nos pênaltis – Final da Copa dos Campeões de 1986 – A partida terminou 0x0

Brasil 3×4 França, nos pênaltis – Quartas-de-final da Copa do Mundo de 1986 – A partida terminou 1×1, gols de Careca e Platini

[YOUTUBE= http://www.youtube.com/watch?v=oxpp_dYDawY]

*Sócrates e Júlio César perderam para o Brasil e Platini para a França.

___________________________________________

México 1×4 Alemanha Ocidental, nos pênaltis – Quartas-de-final da Copa do Mundo de 1986, em Monterrey (MEX) – A partida terminou 0x0

Bélgica 1×1 Espanha, Quartas-de-final da Copa do Mundo de 1986 – Nos pênaltis os belgas venceram por 5×4

Guarani 3×4 São Paulo, nos pênaltis – Final do Campeonato Brasileiro de 1986, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas

*A partida terminou 3×3, após a prorrogação, pois no tempo normal o jogo foi 1×1.

___________________________________________

Brasil 1×1 Alemanha Ocidental, Nos pênaltis 4×3 Brasil – Semifinal das Olimpíadas de 1988, em 27 de setembro, em Seul, na Coréia do Sul

PSV Eindhoven 6×5 Benfica, nos pênaltis – Final da Copa dos Campeões de 1988, em Stuttgart (ALE)

*A partida foi para os pênaltis pois terminou empatada em 0x0.

____________________________________________

Nacional (URU) 2×2 PSV Eindhoven, nos pênaltis 7×6 pros uruguaios – Final do Mundial Interclubes de 1988, em 11 de dezembro, em Tóquio

*Romário fez o 1º gol do PSV na partida.

____________________________________________

Santos 0x0 Portuguesa, Final do Campeonato Paulista de 1973, no Morumbi com 116.156 pessoas, no dia 26 de agosto

*Esta foi a cobrança por pênaltis mais polêmica da história do futebol. Zé Carlos, do Santos, perdeu o 1º pênalti, que Zecão defendeu. Isidoro, da Lusa, perdeu o 2º, que Cejas defendeu. Carlos Alberto Torres fez o 1º do Santos. Calegari falhou na cobrança seguinte para a Portuguesa. Depois Edu fez o segundo gol do Santos e Wilsinho mandou a bola na trave.
Armando Marques, errando, apontou o Santos como campeão. Como os santistas estavam ganhando de 2 a 0, ainda havia a possibilidade de novo empate, desde que a Portuguesa convertesse os 2 pênaltis restantes e que o Santos perdesse suas 2 oportunidades. Se o empate ao final dessa série fosse caracterizado, a disputa de titulo prosseguiria, com a cobrança alternada de pênaltis.
Como Armando Marques resolveu encerrar com a série de cobranças, o Santos passou a comemorar a conquista. Os santistas choravam e corriam, davam inclusive a volta olímpica. Já os jogadores da Portuguesa, se retiravam aos vestiários, também chorando.
A confusão foi formada depois, quando Armando Marques, procurado por José Ermírio de Moraes Filho e por Paulo Machado de Carvalho, reconheceu o seu erro. Chegou-se a afirmar que as equipes voltariam ao campo e que as penalidades restantes seriam cobradas. Mas a Portuguesa não concordou com essa decisão. Os jogadores se trocaram rapidamente e deixaram o estádio, enquanto que os refletores do Morumbi eram apagados. Também os jogadores do Santos, tomando conhecimento da confirmação do erro por parte de Armando Marques, pararam de comemorar.
Enquanto isso, havia o corre-corre de dirigentes; do Santos, da Portuguesa e da Federação. Osvaldo Teixeira Duarte, assessorado pelo diretor jurídico, recusava-se a mandar a equipe para campo novamente, defendendo a tese da realização de uma nova partida.
O público já estava longe do estádio, tentando encontrar melhor maneira de fugir do congestionamento. Alguns ainda comemoravam o título conquistado pelo Santos, não sabendo de nada da confusão. Os que levaram rádios portáteis acompanhavam o noticiário. Pepe, técnico do Santos naquela ocasião, tomando conhecimento do rumo dos acontecimentos, se mostrou contrário à idéia de um novo jogo (“Se tiver que jogar de novo, não jogo”). No fim, os dois presidentes conseguiram se encontrar. E uma rápida reunião foi realizada. A Portuguesa concordou em não entrar com o recurso. O Santos aceitou dividir o titulo com o clube adversário. E a Federação proclamou ambos campeões, para evitar a ação do Tribunal de Justiça Desportiva que demandaria em muito tempo e por problemas originados pela ausência de datas disponíveis, caso fosse resolvido que novo jogo devesse ser realizado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s